O marketplace pode ser um grande aliado das empresas para aumentar as vendas

Veja como é possível alavancar as vendas por meio da internet sem estar usando o famoso “E-commerce”

Por incrível que pareça, o Marketplace não é algo tão novo como algumas pessoas imaginam. Ele começou a ser aplicado em 2012 nas grandes empresas digitais aqui do Brasil, como Submarino, Lojas Americanas, Saraiva e Centauro. Já o e-commerce, é uma loja virtual, onde os produtos que estão no site são todos da mesma marca. Por exemplo, ao entrar no site você escolhe um tênis da marca AB e quem faz a venda e entrega é a própria loja AB.

O Marketplace funciona como um grande outlet virtual, pois dentro da plataforma existem produtos de várias marcas diferentes administrados por uma empresa fixa, o que oferece muita praticidade para o cliente. Além disso, o cliente tem mais opções de escolha e facilidade para comparar qual é a melhor oferta daquele produto.

Reprodução: Site Submarino

Outro benefício é que como nesses sites a divulgação nas mídias online são grandes, o pequeno empresário acaba ganhando maior visibilidade no mercado e isso consequentemente aumenta as vendas. Já para grandes marcas, o reconhecimento cresce ainda mais e o Marketplace vira mais um canal de venda.

Alguns dados comprovam a eficiência do Marketplace. A NETSHOES é a maior loja virtual de artigos esportivos do mundo. São mais de 40 mil produtos e o site hospeda 20 mil marcas diferentes dentro da plataforma. Algumas delas conhecidas mundialmente, como: Nike, Adidas, Puma e NBA.

Benefícios do Marketplace para o aumento no faturamento da empresa

O pequeno empresário não precisa entrar de cara em um grande Marketplace, afinal, o investimento pode ser alto. Os estudiosos de marketing aconselham que os microempresários procurem uma plataforma barata no início, mas que tenha um engajamento mediano. Desta forma, será possível identificar a maturidade da empresa para trabalhar com essa ferramenta, analisar como os clientes reagem a sua marca e ver o quanto foi bom financeiramente.

A fidelização dos clientes aumenta com o uso de Marketplace. Essas plataformas dão uma gama de opções e ferramentas para os usuários que o mesmo se sente privilegiado pela loja.

As ações promocionais, como uma Black Friday, surte maior efeito para a empresa, pois fica mais fácil criar boas ofertas para os usuários. Isso garante uma experiência positiva ao cliente. Só na Black Friday de 2017, o faturamento dos Marketplaces fechou em R$2,1 bilhões, alta de 10,3% comparando com o ano passado. E o ticket médio foi de R$562,00.

Reprodução: TechTudo

Uma das maiores características do Marketplace é o baixo investimento em marketing e o fato de não ter também qualquer tipo de gasto em T.I, o que resulta no aumento do faturamento da marca e ao mesmo tempo redução de custos pesados.

Ao entrar no Marketplace é provável que as vendas aumentem. Por conta disso, a empresa deve estar preparada para atender os clientes sem qualquer tipo de problema.

Sendo assim, investir nessa estratégia é interessante aos clientes e também para as empresas envolvidas, porque além de aumentar o reconhecimento dos seus produtos, o custo em publicidade e manutenção é mínimo.

O público aderiu a ferramenta rapidamente, tanto que em 2017 o mercado de Marketplace cresceu 17% a mais do que o E-commerce, o que significa que os riscos de fracassos são baixos comparado a qualquer outro canal de venda.

E então? Já conhecia os benefícios do Marketplace? Sabia a diferença dele para o e-commerce? Conta para gente! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *